Advertisements

Ideias Soltas – Texto 3

Um coração nunca bate sozinho,
Mesmo, num mundo onde nascemos perdidos.
Onde o som, são como lágrimas vazias,
Ecoando numa noite sombria.
Eu me perdi no momento que vi,
Dois olhos, que brilhavam como o céu.
A água que por lá escorreu.
Não lavou a minha alma, apenas se perdeu.
Eu fui salvo por um anjo,
Que caiu do céu e me protegeu.
De um mundo sombrio,
Onde os teus olhos, não brilham mais sem véu.
Eu procuro por eles,
Mas o seu brilho se extinguiu, para mim.
Agora brilham bem longe e eu choro sem fim.
Meu anjo chegou e partiu,
Me deixando um lindo presente.
Tu voltas-te para a minha vida,
Com a mesma dor, na tua mente.
Agora estamos juntos,
Mas não posso te amar, como antigamente.
Mesmo que eu me confesse,
A dor que não se cala,
Vai gritar eternamente.

 
<<  1  2  3  4  5  6  7  10  20  30  40  >>

 

Início
Literatura
Advertisements

2 Comments

Obrigada por visitar o meu site...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas