Cloe Fenix

#literatura

O Visconde Cortado ao Meio – Italo Calvino

O visconde Cortado ao meio de Italo Calvino, é um livro invulgar sobre um visconde que durante uma guerra foi ferido, tendo regressado a casa cortado ao meio. Mesmo que seja fisicamente impossível e macabro que tal aconteça, Italo leva-nos para a ilusão do possível. Com a vivencia da metade boa e a metade má […]

O certo no incerto – Cloe Fenix

O certo no incerto, leva-nos para a vida da famosa escritora Leandra, Lea para os mais próximos. Lea é uma mulher sonhadora, simples e amável, que vive para os seus livros, a sua família e amigos. Rica, independente, famosa, ela tem tudo o que qualquer mulher desejaria e isso é um problema. Não para ela, […]

Estrelinha – Continuação 5

“Há muitos séculos atrás. Anos depois, da primeira estrela ir para o céu. Uma pequena estrela herdou o poder, da primeira estrela. Tal como tu, aquela pequena estrela era rejeitada, pelas outras. No entanto, um dia algo mudou. Ela viu que na terra, um menino especial também havia nascido. Alguém que o mundo, quereria conhecer. Então, a pequena estrela percorreu o céu, anunciando o seu nascimento. Ajudou também, quem quisesse, de coração puro, a encontrar o local. Os humanos chamaram, a pequena estrela guia, de Estrela do Natal.”

Estrelinha – Continuação 4

A Estrelinha ficou a pensar, no que o menino lhe disse. E nesse dia ficou a observar as outras estrelas. Ficou admirada, como naquele céu existia todo o tipo de estrelas. Todas eram tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. E todas se divertiam ao seu jeito e eram felizes assim. Também tinha de tentar, estava na sua hora de ser feliz.

Estrelinha – Continuação 3

— Qual é a razão, de os outros não falarem contigo? – Perguntou curioso o menino.
— Porque ninguém gosta, do meu vestido de luz. Quando eu nasci, a mãe estrela, disse que eu era especial. Era mais pequena, que as minhas irmãs estrelas, mas era capaz de produzir um brilho puro e quente. Quase tão brilhante como o sol. As outras estrelas acham o meu brilho estranho, demasiado forte. Ao meu lado, o brilho delas quase não se nota.

Estrelinha – Continuação 2

— Qual é a razão, de os outros não falarem contigo? – Perguntou curioso o menino.
— Porque ninguém gosta, do meu vestido de luz. Quando eu nasci, a mãe estrela, disse que eu era especial. Era mais pequena, que as minhas irmãs estrelas, mas era capaz de produzir um brilho puro e quente. Quase tão brilhante como o sol. As outras estrelas acham o meu brilho estranho, demasiado forte. Ao meu lado, o brilho delas quase não se nota.

Estrelinha – Continuação

— Estrelinha, Estrelinha no céu tao linda. Ilumina com carinho, o céu da minha vida. A Estrelinha olhou em volta. De onde veio aquela voz? — Estrelinha, Estrelinha no céu tao linda. Ilumina com carinho, o céu da minha vida. -Voltou a ouvir a Estrelinha. “Quem era? Porque chamava por ela?” O seu vestido estava […]

Estrelinha

No céu nasceu uma estrela, mas esta, não era uma estrela qualquer. Era uma estrela, com um brilho especial, que iluminava todo o céu. Era uma luz, tao brilhante e pura, que fazia inveja ao próprio sol. Foi-lhe dado, pela grande mãe estrela, o nome de Estrelinha. Pois ela era, a mais pequena e formosa estrela, de todo o céu. Provocando também a inveja, nas suas irmãs estrelas. Por isso a Estrelinha, era muitas vezes deixada sozinha. Enquanto ouvia as outras, falarem coisas más sobre si.

Estrelinha – Trailer

Um conto de encantar, com uma estrela de pasmar, que sofre na inocência de um dia se apagar.

Vitima da inveja das estrelas, sozinha ela se sentia, até que um amigo iluminou o seu dia.

Um menino diferente, que conheceu uma estrela. Com um velho feitiço, uma amiga ele ajudou.

Uma vida que no fim, uma lição aprendeu.

Amar a sua vida, aquilo que Deus lhe deu.

Voltar ao topo